terça-feira, 2 de agosto de 2016

Luta Olímpica


Nos jogos da antiguidade a luta era a última parte do pentatlo, disputada logo após as provas de arremesso de disco, lançamento de dardo, salto à distância e corrida.

Em um embate de força e estratégia, vence o lutador que mantiver o adversário com as costas presas ao tapete ou receber a maior pontuação por movimentos técnicos ao fim do combate. 

Prepare-se para combates corpo a corpo. A luta Olímpica é divida em duas modalidades: estilo livre e greco-romana. Na primeira, homens e mulheres competem em seis categorias diferentes, enquanto a segunda conta apenas com disputas masculinas. E apenas duas cores podem identificar os lutadores: vermelho e azul.


Luta Estilo Livre

A luta estilo livre nasceu no Reino Unido e tornou-se popular no século XIX, os imigrantes irlandeses a levaram para a América. A primeira participação da modalidade aconteceu em 1904 em Saint-Louis. Já a partifipação feminina aconteceu 100 anos depois, em Atenas, nos jogos de 2004.

Luta Greco-Romana

A luta greco-romana foi recriada para resgatar os valores do esporte na antiguidade, com a proibição de ataques mais duros e golpes baixos. O esporte foi incluído na primeira edição dos Jogos Olímpicos em Atenas 1896.


Para mais informações sobre a Luta Olímpica visite o site da Confederação Brasileira de Lutas Associadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

+ Populares

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails