sábado, 6 de agosto de 2016

Medalhas olímpica e paralímpica


O design das medalhas é inovador, pela primeira vez têm o centro ligeiramente mais alto que as bordas, e a presença de guizos no interior das Paralímpicas, uma inovação de acessibilidade. As peças de ouro são 100% livres de mercúrio e as de prata e bronze contam com 30% de material reciclado
em sua composição.

Mais de 100 funcionários da CMB (Casa da Moeda do Brasil) estiveram envolvidos na produção das 2.488 medalhas Olímpicas e das 2.642 Paralímpicas. As peças pesam cerca de 500 gramas. O design das medalhas Olímpicas usa folhas de louro para representar a relação entre as forças da natureza e os heróis Olímpicos. Já os guizos no interior das Paralímpicas criam uma nova possibilidade de interação, diferenciando ouro, prata e bronze.

A preocupação com o meio ambiente é uma das marcas das medalhas do Rio 2016. As peças de ouro são 100% livres de mercúrio e as de prata e bronze contam com 30% de material reciclado em sua composição. Já a fórmula da fita que prende as medalhas nos pescoços dos campeões conta com 50% de garrafas PET recicladas. O estojo que guarda as preciosidades é feito de madeira produzida em áreas com atividade ambiental sustentável e socialmente responsável.

As medalhas Olímpicos e Paralímpicas não estão disponíveis para venda. O Comitê Rio 2016 oferece aos colecionadores a possibilidade de adquirir as medalhas comemorativas. Com preços entre R$ 70 e R$ 9.560, o souvenir dos Jogos conta com versões de ouro, prata, bronze e bronze dourado.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Esportes Aquáticos - Maratonas Aquáticas

Uma corrida de 10 quilômetros em águas abertas. As maratonas aquáticas estrearam em Pequim 2008, como parte do programa da natação, mas no Rio 2016 ganharam status de esporte – e o mar da Praia de Copacabana como palco das disputas masculina e feminina.



Regras

Em provas distintas, largam 25 atletas no masculino e 25 no feminino. Os atletas devem contornar boias que demarcam o percurso, que deve ter no mínimo 1,40m de profundidade.

Todos os nadadores são obrigados a usar o número de largada no corpo e chips nos pulsos para registrar o tempo. Se um nadador completar a prova sem o chip, será desclassificado.

A chegada da prova é marcada por uma placa suspensa acima da linha da água, com pelo menos 5m de largura. Assim como na natação em piscina, o tempo do atleta é registrado quando

Um time de seis cronometristas e juízes se dividem entre a plataforma e o barco – eles registram a ordem de chegada e controlam o tempo de prova dos atletas.

A bordo de embarcações, profissionais capacitados auxiliam na fiscalização da prova e segurança dos atletas durante todo o percurso. A temperatura da água é checada 2 horas antes da largada e durante toda a prova e deve estar entre 16ºC e 31ºC

Mais informações sobre a Maratona Aquática você encontra no site da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Luta Olímpica


Nos jogos da antiguidade a luta era a última parte do pentatlo, disputada logo após as provas de arremesso de disco, lançamento de dardo, salto à distância e corrida.

Em um embate de força e estratégia, vence o lutador que mantiver o adversário com as costas presas ao tapete ou receber a maior pontuação por movimentos técnicos ao fim do combate. 

Prepare-se para combates corpo a corpo. A luta Olímpica é divida em duas modalidades: estilo livre e greco-romana. Na primeira, homens e mulheres competem em seis categorias diferentes, enquanto a segunda conta apenas com disputas masculinas. E apenas duas cores podem identificar os lutadores: vermelho e azul.


Luta Estilo Livre

A luta estilo livre nasceu no Reino Unido e tornou-se popular no século XIX, os imigrantes irlandeses a levaram para a América. A primeira participação da modalidade aconteceu em 1904 em Saint-Louis. Já a partifipação feminina aconteceu 100 anos depois, em Atenas, nos jogos de 2004.

Luta Greco-Romana

A luta greco-romana foi recriada para resgatar os valores do esporte na antiguidade, com a proibição de ataques mais duros e golpes baixos. O esporte foi incluído na primeira edição dos Jogos Olímpicos em Atenas 1896.


Para mais informações sobre a Luta Olímpica visite o site da Confederação Brasileira de Lutas Associadas.

+ Populares

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails